Bombeiros esperam que noite apague fogo que já ameaçou 10 casas

0

incêndio noiteO comandante dos Bombeiros Voluntários de Ponte Lima espera que alterações climatéricas ajudem a apagar um incêndio, que esta quinta-feira ameaçou dez casas, até para não pôr em causa a passagem do Rali de Portugal, na sexta-feira.

Em declarações à agência Lusa, Carlos Lima manifestou-se confiante que “o arrefecimento noturno e a humidade” vão permitir extinguir as chamas que deflagraram cerca das 14:30, em zona de pinhal, na freguesia de Cabração.

De acordo com aquele responsável, as chamas “já consumiram mais de 100 hectares de floresta e colocaram em risco cerca de dez habitações na aldeia de Mãos”.

“O fogo chegou muito perto das casas, mas conseguimos evitar o pior”, sustentou Carlos Lima, adiantou que o incêndio lavra em três frentes.

O comandante da corporação de bombeiros daquela vila do Alto Minho adiantou que “o vento forte que se faz sentir e o declive acidentado” dificultam os trabalhos dos mais de 100 homens que se encontram no terreno.

“A encosta onde o fogo lavra está virada ao sol, o que fez com que as chamas tivessem muita intensidade”, explicou.

O combate contou com o apoio de um helicóptero, que acabou por desmobilizar, cerca das 18:55, “por falta de autonomia”.

Além dos meios das corporações locais estão também envolvidos no combate os Grupo Reforço para Incêndios Florestais (GRIF), de Braga e do Porto.

Segundo dados disponíveis na página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), nesta altura estão ainda ativos mais dois incêndios.

O maior deles situa-se em Pipa/Vila Chã, no concelho de Pombal, distrito de Leira, onde mais de 160 bombeiros estão a combater uma frente de fogo com a ajuda de quase 60 veículos.

O outro incêndio encontra-se em Chamusca/Lagos da Beira e Lajeosa, no concelho de Oliveira do Hospital, em Coimbra. Este fogo está a ser combatido por cerca de 80 bombeiros com ajuda de 19 veículos.

JN

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.