O bombeiro Thermite

0

robfireIndiscutivelmente a Robótica está em forte crescimento em todo o mundo. Hoje, são cada vez mais as instituições que adquirem robôs onde o homem é substituído pela máquina, muitas dessas substituições são derivadas ao grau de risco associado ao trabalho do ser humano.

Desta vez trago-vos aqui, um equipamento que está a ser muito falado na imprensa internacional, o Thermite.
Este robô, compacto e auto-suficiente está preparado e equipado para o combate a incêndios, em: materiais perigosos, incêndios florestais, incêndios com produtos químicos e descarrilamentos de comboios. O principal objectivo da sua origem é dar resposta a situações específicas onde o ser humano não consiga chegar, o equipamento é operado à distância por controlo remoto dando assim, mais segurança aos bombeiros que estão no teatro de operações.

O Thermite não se importa do calor, dos produtos químicos, explosões e de outras situações igualmente perigosas e promete, ser uma verdadeira ajuda nas tarefas diárias dos bombeiros com o seu bombeamento de 600 litros de água por minuto.
Se já se imagina a telecomandar este equipamento, então pode preparar cerca de 72 mil euros (custo nos Estados Unidos da América).
Será este o bombeiro do futuro?

Até à próxima,

Sérgio Cipriano
scipriano@bombeiros.pt

Algumas características:

• Dimensões: 74 “L x 35” W x 55 “H
• Peso: 700 kg
• Bombeamento de água: até 600 litros usando uma agulheta multi-direccional
• 360° eixo horizontal
• 45° -90 ° eixo vertical

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.