Drone Ambulância pensado para salvar vidas em menos tempo e em qualquer lugar

0

Sem piloto, projetado para salvar vidas num curto espaço de tempo e em locais de difícil acesso, o drone do qual vamos agora falamos é do tamanho de um carro e irá ser utilizado para transportar feridos. Curiosos?

Trata-se de novo design que visa salvar milhares de vidas, sem pilotos ou médicos.

Este Drone Ambulância foi especialmente concebido para poupar tempo e prestar cuidados de saúde independentemente da distância.  Pelo tamanho, semelhante a um carro, é pequeno o suficiente para pousar em locais onde os helicópteros de emergência médica não conseguem e onde as tradicionais ambulâncias levariam muito tempo a chegar, quer pelo tráfego automóvel, quer pela distância.

O dispositivo foi projetado há cerca de um ano pela Argodesign, uma empresa em Austin, Texas. Mark Rolson, o fundador da empresa, explicou que “o conceito nasceu como uma alternativa para o uso já conhecido dos drones para a atividade militar ou audiovisual.”

O modelo pretende funcionar através de um GPS e estará equipado com uma maca para transportar o ferido sem a necessidade de um médico, uma vez que este modelo foi desenhado para facilitar o transporte dos sinistrados para o hospital mais próximo do acidente.

A ideia nasceu de uma sessão de brainstorming da equipa da Argodesign sobre como os cuidados de saúde poderiam se tornar mais acessíveis. Os designers pensaram primeiro como poderiam construir uma ambulância melhor e a ascensão de veículos autónomos inspirou-os a considerar uma ambulância auto-motriz. Assim pensaram em helicópteros e drones, e o resto desenvolveu-se a partir daí.

Considerando a hipótese de que a construção deste Drone fosse viável, os benefícios seriam, segundo a empresa responsável, certamente significativos, “um único piloto, que costuma pilotar um único helicóptero, poderia gerir remotamente uma frota inteira de Ambulâncias Drone”. Quanto à questão do preço, Rolston acredita que “um drone destes poderia ser construído na faixa de milhões de dólares. Isso é várias vezes mais caro do que uma ambulância normal, mas ainda mais barato do que um helicóptero.”

Pode parecer uma ideia demasiado irrealista, mas o certo é que os Drones existem e estão a assumir uma importância cada vez maior.

Que vos parece?

(Fonte: http://www.argodesign.com/ e http://www.infobae.com/)




Sobre quem enviou a noticia

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.