Unidade de Salvamento Aquático de Viseu treina em condições extremas

0

Vento forte, chuva, nevoeiro e temperaturas a rondar os 2ºC foi o cenário encontrado por a Unidade de Intervenção de Salvamento Aquático do Distrito de Viseu (UNISA 18) que realizou, no passado sábado o seu treino anual na Lagoa Comprida, localizada na Serra da Estrela.

O teste contou com elementos das equipas de mergulho dos bombeiros voluntários de Viseu, de Oliveira de Frades e do Faial e das equipas cinotécnicas dos bombeiros voluntários de Viseu e do Faial.

O Exercício teve como objectivos testar equipamentos e procedimentos dos operacionais envolvidos no mergulho em alta altitude e sob temperaturas muito baixas, como explicou ao Diário de Viseu o 2.º comandante dos Bombeiros Voluntários de Viseu, José Luís Teixeira.

Diário de Viseu | Bombeiros.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.