Palmela – Município antecipa verbas para requalificação de quartéis dos Bombeiros de Palmela e Pinhal Novo

0

O Município de Palmela vai antecipar um pacote global de cerca de 45 mil euros às Associações Humanitárias de Bombeiros de Palmela e de Pinhal Novo, no âmbito da comparticipação municipal na requalificação dos respetivos quartéis.

Este valor corresponde a 5% do valor das candidaturas apresentadas ao POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos e destina-se a apoiar as Associações com as despesas relativas ao desenvolvimento dos projetos.

O apoio financeiro, aprovado de forma unânime na reunião pública de 21 de dezembro, corresponde a um adiantamento, no quadro do compromisso já assumido pelo Município, de comparticipar as obras nestes equipamentos até ao máximo de 50% do valor total das empreitadas. A celebração dos respetivos Contratos-Programa está pendente da resposta às candidaturas por parte da unidade de gestão do POSEUR.

Dotar as corporações do concelho das melhores condições de trabalho, conducentes à prestação de um serviço de grande qualidade às populações, tem sido, desde sempre, objetivo do Município que, anualmente, atribui apoios para o funcionamento dos Grupos de Bombeiros Permanentes, bem como para investimento em equipamento, viaturas, instalações e formação, entre outros.

Os Bombeiros de Águas de Moura inauguraram, em 2009, um novo quartel, sendo, agora, necessário dotar os Bombeiros de Palmela e de Pinhal Novo de melhores condições operacionais.

Os apoios agora aprovados distribuem-se da seguinte forma:

– A. H. Bombeiros de Palmela
Candidatura 329.580,00
Comparticipação (5%)16.479,00

– A. H. Bombeiros de Pinhal Novo
Candidatura 560.000,00
Comparticipação (5%) 28.000,00

Total
Candidatura 889.580,00
Comparticipação (5%) 44.479,00

Rostos.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.