Elvas homenageou bombeiros

0

Decorreu na manhã desta segunda-feira, dia 18 de setembro, na Câmara Municipal de Elvas, uma cerimónia de reconhecimento de empenho dos Bombeiros Voluntários de Elvas, no combate aos incêndios florestais do presente ano.

Nuno Mocinha, Presidente do Município, em declarações à Rádio Campanário apontou que “não nos devemos lembrar dos bombeiros” apenas em momentos de aflição, uma vez que os soldados da paz podem, todos os dias, “estar a dar a sua vida, pela vida de alguém”.

No presente ano, os Bombeiros Voluntários de Elvas, atuaram no combate a incêndios fora do seu concelho e do seu distrito, inclusive. A homenagem prestada na cerimónia, surge como um agradecimento e “um reconhecer da sua prontidão, entrega e disponibilidade”.

Tiago Bugio, Comandante da Corporação dos Bombeiros Voluntários de Elvas, aponta ter sido um ano em que os incêndios tiveram “extrema violência”, sendo que os bombeiros da sua corporação “se dedicaram de corpo e alma, no combate às chamas”, com valentia e disponibilidade para acorrer a distritos de todo o país.

Nesta cerimónia, o município de Elvas reconhece o enorme esforço feito para “dar uma resposta cabal a todas as solicitações que lhe foram feitas”, afirma, avançando que toda a comunidade se disponibilizou a ajudar, nomeadamente dispensando os funcionários da corporação para combaterem os incêndios.

Citando o Comandante Distrital, no decorrer da cerimónia, Tiago Bugio afirma que “o corpo de Bombeiros Voluntários de Elvas está de entre os melhores”, aproveitando a oportunidade para agradecer ao corpo pela luta e esforço realizados.

Rui Conchinha, Comandante Operacional Distrital de Operações de Socorro do Distrito de Portalegre, declara o seu “apreço por todo o trabalho que o corpo de bombeiros fez este ano”, no combate aos incêndios florestais.

Realça que, de entre as 15 corporações respetivas dos 15 municípios do distrito de Portalegre, a de Elvas é a que regista mais ocorrências, “no âmbito dos incêndios”, assim como no “serviço de pré-hospitalar, de apoio e socorro à população”.

Apesar disso, manteve a capacidade para dar resposta às necessidades não só do concelho, como de todo o país.

Registando normalmente uma média anual de 6 a 8 grupos de combate a incêndios para fora do distrito, no presente ano e até ao momento, o corpo de Bombeiros Voluntários de Elvas regista já 30. Rui Conchinha afirma que a corporação “esteve à altura do desafio […] e cumpriu com todo o rigor”.

(Fonte: Diário Campanário)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).