Bombeiros de ílhavo com a vida contada em livro

0

Os Bombeiros de Ílhavo têm 123 anos de história em livro.

O lançamento do livro ‘História dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo’, da autoria de Senos da Fonseca, conta essas histórias sobre os momentos marcantes e as figuras que marcam a vida da instituição.

Antigo dirigente e homem ligado ao associativismo, Senos da Fonseca não escondeu que há nos Bombeiros uma importância que justifica o livro e todas as emoções. (com áudio)

Fernando Caçoilo, Presidente da Câmara de Ílhavo, foi à apresentação da obra, no passado sábado. O Presidente da Câmara de Ílhavo lembra que a vida dos Bombeiros e da autarquia está “intimamente ligada”.

O projeto do novo Quartel foi o último a mostrar essa unidade. “A Câmara sempre foi parceira dos Bombeiros. Em 2016, esse, foi um ano alto, com a construção da nova ‘casa’ que será uma ‘casa’ para o futuro.

Ainda há relativamente poucos anos se construiu um Quartel no centro da cidade que nem parada tinha. Agora as condições são excelentes”, referiu.

Hélder Bartolomeu, Presidente da Associação Humanitária, lembrou que para a elaboração do livro se baseou no “acervo rico de documentos”. “Sempre preservámos o que é bom. Temos o livro da acta da fundação, em 1893. São, todos esses livros, um espolio valioso”.

Terra Nova




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.