Bombeiros do Sul e Sueste com número recorde de emergências pré‑hospitalares em 2016

0

O Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste atingiu no final do ano de 2016 um novo recorde de emergências pré-hospitalares realizadas no âmbito do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM), a pedido do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Da estatística anual destacam-se os seguintes detalhes:

Foi alcançado um rácio de 100 % de integração de pelo menos um Tripulante de Ambulância de Socorro (TAS) nos serviços efetuados em 2016. Em 2015 o rácio foi de 99,92 %.

Respondeu-se a 3.535 pedidos do CODU, o que representou um acréscimo de 30,5 % relativamente a 2015, espelhando a incremento da capacidade de resposta do Corpo de Bombeiros à emergência pré‑hospitalar. Do total de 3.535 serviços registados em 2016, 1.107 (correspondendo a cerca de 31 %) foram realizados para fora do concelho do Barreiro.

O número total de 3.535 serviços, corresponde a uma média diária de 9,7 serviços em 2016, ultrapassando largamente o número mínimo considerado pelo INEM como sendo o limiar que justifica a atribuição de um Posto de Emergência Médica (PEM).

O mês de dezembro de 2016 foi o que registou maior número de serviços (362), tendo o dia 11 de abril de 2016 registado o maior número diário de serviços (23), ultrapassando em 6 serviços o máximo histórico alcançado nos dias 7 de agosto de 2014 e 12 de maio de 2015, nos quais se realizaram 17 serviços. No dia 5 de dezembro de 2016 registaram-se 22 serviços, i.e. apenas menos um do que no dia recorde.

Ao total de 3.535 serviços no âmbito do SIEM, há que somar mais 161 serviços de emergência pré-hospitalar efetuados extra-SIEM, o que conduz a um total de 3.696 serviços em 2016.

No âmbito do SIEM, os dados estatísticos de 2009 a 2016 são os seguintes (não considerando os serviços extra-SIEM):

 

2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
591 759 1.125 1.958 2.166 2.234 2.709 3.535

 

Distrito online




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.