Flint vai ter nova casa em Vagos

0

Já arrancaram as obras da nova casa do Flint dos Bombeiros de Vagos.

Em comunicado dirigido à redacção do Portal Bombeiros.pt, os Bombeiros Voluntários de Vagos (BVV) informaram que uma das míticas viaturas daquele Corpo de Bombeiros irá ficar em lugar de destaque na Vila.

“Brevemente o Flint dos Bombeiros de Vagos vai fazer parte integrante da Vila de Vagos e poderá estar à vista de todos”, diz o Chefe Mário Peralta que, com a companhia de Hilário Teles, do Quadro de Honra da Corporação, e com Jorge Pereira, vice-presidente da Direção da AHBVV, estiveram na origem e na dinamização desta ideia.

Jorge Pereira é também citado no comunicado, afirmando que “Queremos transformar o Flint num cartão-de-visita da vila de Vagos. Temos a ria do lado direito, vamos passar a ter o Flint, o jardim São Sebastião do lado esquerdo, o Quartel, o Tribunal e depois a Biblioteca ao fundo… Penso que é uma mais-valia para a Associação na salvaguarda de um bem que é de todos mas também para a freguesia de Vagos e, mais concretamente, para o município. É importante salientar que é uma obra feita em total sintonia com a Câmara Municipal de Vagos (CMV) e apoiada pela Direcção dos BVV”..

Esta viatura, conhecida como Flint e datada de 1930, encontra-se incluída no processo de candidatura das viaturas antigas dos bombeiros a Património da Humanidade da Unesco, que está a ser levada a cabo pela Liga dos Bombeiros Portugueses.

No mesmo comunicado, os BVV indicam que as empresas que se aliem e apoiem esta iniciativa irão constar num painel que ficará visível dentro da estrutura.




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).