Voluntários vão plantar 11 mil árvores em Vouzela para reflorestar o Caramulo

0
Imagens de: PATRÍCIA DE MELO MOREIRA/AFP

Imagens de: PATRÍCIA DE MELO MOREIRA/AFP

Iniciativa decorre durante o próximo fim-de-semana. Tondela também vai plantar seis mil árvores no concelho.

A Câmara de Vouzela promove no próximo fim-de-semana a plantação de 11 mil árvores nas áreas ardidas nos fogos florestais do Verão passado na Serra do Caramulo. As árvores – espécies como castanheiro, carvalho, cipreste do Buçaco, bétula e freixo – vão ser plantadas por voluntários no Lugar da Penoita e na Nogueira, em Alcofra, onde arderam 1522 hectares de floresta.

A iniciativa, designada “Vamos reflorestar Vouzela”, insere-se nas comemorações do Dia Mundial da Floresta e vai ser desenvolvida em parceria com a Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA) e com a Associação de Desenvolvimento do Dão, Lafões e Alto Paiva. Segundo a autarquia, a acção conta também com o apoio do Barclaycard, cujos clientes “ofereceram” dez mil árvores através da campanha “um extracto digital = uma árvore”.

No sábado, a concentração será às 9h no Mercado Municipal de Vouzela, com chegada prevista para as 9h30 à casa florestal de Covas. No domingo, a concentração é à mesma hora no edifício da Junta de Freguesia de Alcofra, com chegada prevista às 9h30 ao depósito de água na serra da Nogueira. Os interessados devem inscrever-se até quarta-feira junto da Câmara de Vouzela.

Também a Câmara de Tondela vai promover, no próximo sábado, a plantação de seis mil árvores na Serra do Caramulo, igualmente com a ajuda de voluntários, para recuperar a mancha verde destruída pelas chamas. De todos os concelhos abrangidos pela Serra do Caramulo, no distrito de Viseu, Tondela foi o mais afectado pelos incêndios no ano passado. Recentemente, o Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou que os fogos provocaram danos em Tondela superiores a 80% em três vertentes: floresta, agricultura e infra-estruturas.

“84% da área de pinheiro bravo ardida no incêndio do Caramulo era de Tondela, assim como 62% de eucalipto e 72% do total dos povoamentos florestais”, segundo Carlos Carvalho, do INE.

Segundo o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, registaram-se três grandes incêndios entre 20 de Agosto e 2 de Setembro de 2013 na Serra do Caramulo, que abrange os distritos de Viseu e Aveiro. As chamas afectaram várias freguesias dos concelhos de Tondela, Oliveira de Frades, Vouzela, Águeda e Viseu, resultando numa área ardida conjunta de quase 9500 hectares. Várias povoações estiveram ameaçadas e algumas casas arderam. Quatro bombeiros morreram no combate aos fogos.

Fonte: www.público.pt

About author

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.