Voluntários da Aguda festejam 90º aniversário

0

Os Bombeiros Voluntários da Aguda celebraram o 90º aniversário com a bênção de uma nova ambulância, oferecida pela Cabelte – Cabos Elétricos e Telefónicos, SA, sediada na freguesia de Arcozelo, o desfile de veículos e a entrega de medalhas pela dedicação e pelos anos de serviço dos operacionais.

imageHandlerA ampliação das instalações do quartel, reaproveitando um espaço contíguo abandonado, representa uma antiga aspiração da Associação Humanitária e mereceu uma resposta positiva de Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara de Gaia. “Já lá vão uns meses a trabalhar para que se venha a consumar esta pretensão”.

O presidente da Câmara realçou o modelo equilibrado nos apoios aos bombeiros voluntários e aos sapadores: “São todos iguais. Não fazemos distinção, do ponto de vista do apoio e do empenho. Estamos a tentar um modelo equilibrado”.

A propósito, o autarca reafirmou o financiamento anual a todas as instituições ligadas aos bombeiros e, por outro lado, a aquisição de uma nova viatura para os sapadores e a abertura de uma nova recruta, necessidades estas que já contam mais de 16 anos.

Eduardo Vítor Rodrigues aproveitou a sessão solene comemorativa para reiterar um conjunto de prioridades do Município de Gaia, designadamente o investimento na educação e ação social, numa lógica de proximidade, de modo a”cozer o território e as instituições e voltar a criar redes de confiança”.

João Almeida, secretário de Estado da Administração Interna, destacou a importância do dispositivo de combate a incêndios previsto para este ano: “Vamos estabilizar um dispositivo tido como adequado, com pequenos avanços em relação a algumas questões identificadas, reforço de equipas de intervenção permanente e de combate a incêndios, esgotando a capacidade de meios humanos. Este ano, o dispositivo terá como principal virtude maximizar ao limite a capacidade existente no terreno”.

José Guilherme Aguiar, presidente da Assembleia Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Aguda, fez uma retrospetiva da instituição e valorizou a missão dos soldados da paz “Hoje comemora-se uma data que, para nós bombeiros e associação humanitária, é histórica: representa a comemoração do passado e a confiança no futuro”.

A sessão solene comemorativa do 90º aniversário dos Bombeiros Voluntários da Aguda contou, também, com intervenções de Manuel Guedes, presidente da Direção da Associação Humanitária, Olímpio Pereira, comandante da Corporação, Abel Guedes e Nuno Castro Chaves, respetivamente presidentes da Assembleia e Junta de Freguesia de Arcozelo, Joaquim Oliveira e Silva, presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto, comandante Jaime Marta Soares, presidente da Liga de Bombeiros Portugueses, Albino Almeida, presidente da Assembleia Municipal de Gaia e, ainda, com a presença do major general Francisco Grave Pereira, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Fonte – www.cm-gaia.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.