Vítima de atropelamento encontrada morta no IC2

0
imagem ilustrativa

imagem ilustrativa

Mulher de 56 anos foi encontrada na zona de Albergaria-a-velha. Condutor terá fugido do local.

Uma mulher, de 56 anos, foi encontrada morta na madrugada desta quarta-feira, no Itinerário Complementar (IC) 2, em Albergaria-a-Velha, no distrito de Aveiro, presumindo-se que tenha sido atropelada, disse fonte dos bombeiros.

O alerta para os Bombeiros ocorreu cerca das 05:30.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Albergaria, José Valente, a mulher foi encontrada morta no IC2, ao quilómetro 254, na vila da Branca, em Albergaria-a-Velha.

«Quando chegámos ao local, a vítima estava inconsciente. Foram feitas manobras de reanimação, mas a mulher não resistiu aos ferimentos», disse à Lusa o comandante, adiantando que o óbito foi declarado no local do acidente.

Os bombeiros suspeitam que a vítima tenha sido atropelada por algum automobilista que não a viu ou que se tenha posto em fuga do local do acidente e a GNR está a investigar o caso.

«Pelo nível de traumatismos da vítima, tudo indica que terá sido atropelamento com fuga», referiu a mesma fonte.

A vítima mortal foi transportada para o gabinete médico-legal de Aveiro, onde será submetida a autópsia.

No local estiveram os Bombeiros de Albergaria com uma ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

(Fonte: TVI24)




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.