Vialonga: Cada bombeiro vai doar 500 euros para pagar viatura

0

Cada um das cerca de quatro dezenas de voluntários dos Bombeiros de Vialonga vai doar 500 euros do seu bolso à corporação para pagarem a nova viatura de combate a incêndios florestais. Um gesto que apanhou a direcção da corporação de surpresa e que fez estalar uma polémica com os partidos representados na câmara de Vila Franca.

1238277_626591804059181_2076762474_nQuatro dezenas de bombeiros voluntários de Vialonga não se limitam a dar o seu tempo à corporação e decidiram contribuir com 500 euros cada um para o pagamento de uma viatura de combate a incêndios. Um gesto altruísta que não foi acompanhado pelos políticos do concelho que desafiados a darem um contributo não entregaram nem um cêntimo. O que causou polémica no concelho com o comandante da corporação a dizer na rede social Facebook na internet que “todos falam muito mas na prática deixam muito a desejar”.

A viatura em segunda mão, que custou cerca de 15 mil euros, foi inicialmente paga na totalidade por um bombeiro. Os colegas mobilizaram-se e cada um comprometeu-se a dar-lhe 500 euros. Alguns vão dar o dinheiro que têm juntado dos subsídios do Estado por fazerem parte das Equipas Logísticas de Apoio ao Combate a Incêndios (ELAC). A iniciativa dos voluntários é aplaudida pela população e a direcção do corpo de bombeiros ficou surpreendida com o gesto. “A única coisa que a direcção fez foi ficar na posse do carro, quem o vai pagar são os bombeiros”, explica Luís Rodrigues, comandante da corporação a O MIRANTE.

Luís Rodrigues já não consegue entender a posição dos partidos com assento no executivo da câmara que ignoraram o pedido para contribuírem. “O pouco dinheiro que há nos partidos é para consumo interno. Cada vez tenho mais orgulho em ser bombeiro, trabalhar de borla e ainda comprar o meu equipamento”, sublinhou o comandante.

Os políticos não querem fazer grandes comentários sobre o assunto, à excepção do presidente do município, Alberto Mesquita (PS), que diz-se “de consciência tranquila” porque Vila Franca é das câmaras que, na região, mais apoia os bombeiros. Rui Rei, da Coligação Novo Rumo (liderada pelo PSD), diz que não comenta desabafos no Facebook e que há “canais próprios” para tratar destas questões. Nuno Libório, vereador da CDU, recusou comentar o assunto.

O veículo de combate a incêndios (VFCI) tem capacidade para 2500 litros de água. A ideia de o adquirir surgiu depois de no ano passado Vialonga ter sofrido bastante com incêndios. “Tivemos mais área ardida que em todas as outras freguesias do concelho juntas”, lamenta Luís Rodrigues. “Toda a gente fez um pacto, um compromisso de honra, em pagar este carro. E vamos tê-lo pago até ao final do ano”, garante o comandante.

Fonte: O Mirante

Entra na página do Facebook do Portal Bombeiros.pt (https://www.facebook.com/www.Bombeiros.pt), faz “Gosto” e conhece em primeira mão todas as notícias sobre os Bombeiros Portugueses!

About author

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.