Um veículo que anda sobre carris: Criado para operar num túnel ferroviário belga.

0
SchweiJá conhecem este extraordinário veículo de bombeiros que circula em dois tipos de vias diferentes? Pois é… possui tracção às quatro rodas e tem um chassi ferroviário.

Trabalha não só nas estradas mas também em linhas ferroviárias, auxiliando os corpos de bombeiros na proteção contra incêndios no túnel de cerca de 3 km de comprimento denominado “Diabolo” que se encontra por baixo do aeroporto de Bruxelas.

Estes veículos permitem aos bombeiros circular sobre rodas até ao túnel e, através de uma rampa, utilizar os três eixos ferroviários e andar a uma velocidade de cerca de 40 km/h no interior do túnel.

O veículo pode ser controlado remotamente ou diretamente a partir da cabina, utilizando as câmaras auxiliares que se situam em cada eixo do veículo.

Quando entra nas linhas ferroviárias, as rodas são levantadas e o cockpit mostra o modo de condução, uma vez que  o volante é bloqueado automaticamente e tudo o resto permanece igual, como quando se circula na estrada. O motorista pode acelerar e travar tal como num veículo comum.


Poderosa tecnologia para extinção de incêndios 
 

Para as operações de descarga  de agua,  tanto na estrada como em túneis ferroviários, este veículo possui poderosas bombas (capacidade: 5000 l/min a 10 bar)  e AQUA MATIC –  sistemas de proporção de espuma combinada, possuindo ainda um sistema que evita o congelamento da água no inverno.


Sistemas de auto-protecção de alta qualidade

Uma das características é o equipamento de medição de gás e controle de concentração de poluentes (monóxido de carbono, sulfato de hidrogénio, cianeto de hidrogénio, etc.) nos túneis. E para a tripulação, dentro da cabine, existem garrafas de ar comprimido em cada assento, incluindo no do motorista. 

O veículo tem um motor eléctrico de cerca de 16 kW e duas baterias de chumbo-ácido, câmeras com infravermelhos à frente e atrás que proporcionam uma visão importante aos bombeiros em locais repletos de fumo.

Através de um sistema de navegação GPS especial, mantém também a orientação, uma vez que todos os dados de medição e imagens infravermelhos são exibidas no visor do cockpit.


Outro equipamento

Com um peso aproximado de 33 toneladas, este veículo inclui sistemas de elevação particularmente poderosos, como o cilindro de carga hidráulica elevatório ou alta pressão. Um guincho hidráulico está instalado na estrutura do chassis, o qual pode ser usado igualmente nas estradas e em operações ferroviária. Para salvar as pessoas encarceradas foi  montado um sistema de resgate hidráulico.

Para iluminar os locais de intervenção, tem instalado um poste de luz FLEXILIGHT, sendo a corrente eléctrica produzida pelos próprios veículos que têm instalados geradores de 40 kVA que são accionados pelos motores dos veículos indirectamente através de bombas hidráulicas.

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.