Túnel de descontaminação oferecido aos voluntários da Figueira da Foz

0

Os Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz já têm em funcionamento um equipamento de descontaminação pessoal de forma a aumentar a segurança individual dos seus operacionais devido à exposição a potenciais situações de contágio.

Avança o Figueira na Hora que, “a cabine foi oferecida à corporação figueirense por ANR – Armindo Ruivo & Filhos, Lda (de Franco – Lavos) que a desenhou, concebeu, testou e produziu.”

A intenção da oferta agradou ao presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz que declarou Àquela orgão que “quanto mais protegidos estiverem os nossos bombeiros, melhor serviço prestam. Esta cabine tem um funcionamento excelente e vem reforçar a segurança dos nossos bombeiros e de suas famílias”.

Aproveitando a ocasião desta “inauguração”, Lídio Lopes recordou que “a empresa Glassdrive Figueira da Foz doou à Associação um aparelho Ozone que tem por finalidade desinfectar áreas, prevenindo o COVID19.” Este aparelho será utilizado “na desinfecção de ambulâncias e de espaços utilizados por diversas pessoas.”

“Este equipamento facilita a nossa vida e vem aumentar a confiança no trabalho que realizamos. Nós (bombeiros/as) somos a linha da frente de tudo isto, desde os incêndios, acidentes e saúde, nomeadamente na emergência pré-hospitalar e transporte de doentes”, considerou o responsável.

Quanto ao túnel de desinfecção, Jody Rato, comandante da corporação, explicou o seu funcionamento: “sempre que um/a operacional entrar na cabine, um sensor faz disparar aspersores que pulverizam com um líquido desinfectante a pessoa que, em alguns segundos, para um melhor efeito, deverá rodar dentro deste espaço.”

Agradado com a receptividade que a sua oferta teve, Daniel Ruivo, da empresa de metalomecânica, afirmou que “Toda a nossa equipa recebeu e agarrou este projecto de uma tecnologia muito económica e com recurso a material português, à excepção da bomba. A cabine de desinfecção não é comercializada, está apenas ao serviço dos nossos funcionários e clientes e agora dos Bombeiros Voluntários”.

Um bom exemplo de relacionamento entre bombeiros e meios empresarial que o Portal Bombeiros.pt aqui destaca.

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda. Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).