Trofa: Ambulâncias e equipamentos reforçam meios dos Bombeiros (com vídeo)

0

entrega-equipamentos-bombeiros-92NOTÍCIAS DA TROFADireção e comando puseram em prática regulamento para conceder regalias ao corpo ativo dos Bombeiros, no dia em que corporação viu reforçada a frota automóvel.

Duas novas ambulâncias, um monitor de sinais vitais, rádios e equipamento de proteção individual. O Natal veio mais cedo para os Bombeiros Voluntários da Trofa, que ganharam mais condições para uma atuação eficaz na proteção de vidas e haveres da população.

No entanto, foi outro anúncio que fez desta cerimónia um acontecimento histórico na vida da associação humanitária. Direção e comando aprovaram e puseram em prática um regulamento interno de conceção de regalias extraordinárias aos soldados da paz. Os “elementos do corpo ativo, em situação de atividade no quadro, com o cumprimento de todas as horas exigidas por lei e com menos de dez por cento de faltas a piquetes, representações, instruções, formações, formaturas e demais convocatórias” terão como prémio “um voucher de estadia de uma noite para duas pessoas” numa unidade hoteleira do país, informou Pedro Ortiga, presidente da direção. O responsável considera que “apesar de ser pouco”, é o prémio “possível”, mediante as “modestas posses da associação”, para reconhecer “a dedicação e a disponibilidade permanente” dos bombeiros.

Filipe Coutinho, comandante em exercício, foi perentório ao afirmar que o prémio “é uma das medidas mais importantes, ao fim de 15 anos como bombeiro”. “É bom terem chegado à conclusão que os bombeiros merecem ser recompensados e reconhecidos pelo seu trabalho”, sublinhou.

Para além disso, a autarquia anunciou a assinatura de um protocolo para a cedência das instalações da academia municipal para os bombeiros, onde podem usufruir da piscina e do ginásio. Segundo Sérgio Humberto, presidente da Câmara, esta era uma medida reivindicada “há mais de oito anos”. “O município tem todo o interesse em colaborar com este tipo de instalações e colocar ao serviço dos bombeiros, que têm que estar bem fisicamente para acudir aos problemas que possam surgir”, explicou.

Ambulâncias para renovar frota automóvel

Já a aquisição das viaturas foi possível graças “às ações de angariação” desenvolvidas “nos últimos meses”, que contaram com “a contribuição da comunidade”, anunciou Pedro Ortiga. A ambulância de socorro veio reforçar a frota, depois de a corporação ter ficado com uma lacuna, com um acidente ocorrido em agosto. Já a nova viatura de transporte múltiplo de doentes vai “substituir uma com elevada quilometragem e com custos expressivos de manutenção e consumos”, frisou. Ao mesmo tempo, também vem “dar resposta à utilização crescente da associação para os doentes hemodialisados, que este ano estão sob a alçada dos Bombeiros”.

Também os equipamentos foram conseguidos através das doações da população e da poupança feita pela direção da Associação. Com o novo monitor de sinais vitais, os Bombeiros “marcam um novo patamar”, porque “todas as ambulâncias” da corporação passam a estar munidas com este equipamento. Além dos rádios, que “são fulcrais na eficácia do trabalho do corpo de bombeiros nos teatros de operações”, também foram oferecidas botas ignífugas, que “podem fazer, verdadeiramente, a diferença para salvar a vida” dos soldados da paz, destacou Pedro Ortiga. “Ficou comprovado nas análises de momento aos falecidos e feridos da última época de fogos florestais que, com um equipamento de proteção mais eficaz, certificado e ignífugo, a probabilidade de os bombeiros se salvarem ou sofrerem ferimentos menos graves aumenta de forma exponencial”, afiançou.

Na cerimónia, o presidente da Câmara também anunciou a cedência da propriedade do barco utilizado pelos bombeiros, que antes pertencia à autarquia.

(Fonte: Notícias da Trofa)

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).