Tripulante amputado retirado de navio mercante

0

mar_ondas_mau-tempo_lusaNavio Zoey, com bandeira de Malta, encontrava-se a navegar a 27 quilómetros a Sul do Cabo de São Vicente.

Um tripulante com um dedo de uma mão amputado foi resgatado, esta sexta-feira, pela Marinha do navio mercante ZOEY, de bandeira de Malta, que se encontrava a navegar 27 quilómetros a Sul do Cabo de São Vicente, revelou a Marinha em comunicado.

«O MRCC Lisboa recebeu o alerta pelas 12h00 e após aconselhamento médico do INEM decidiu-se a evacuação por via marítima com recurso à embarcação salva-vidas Diligente da Estação Salva-Vidas de Sagres», pode ler-se no comunicado, que revela ainda que «por forma a garantir condições mais estáveis para a evacuação, o navio mercante foi divergido para uma zona mais próxima de terra, abrigada das condições desfavoráveis do estado do mar».

O resgate do ferido foi feito às 14h00 e a «embarcação Salva vidas Diligente atracou às 14h15 no porto de abrigo da Baleeira».

«O tripulante, de 51 anos e de nacionalidade Turca foi transportado numa ambulância do INEM para o Hospital de Portimão, em situação estável», tendo «um dedo de uma mão amputado com perigo de infeção grave».

(Fonte: TVI24)

inemnavio



Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).