Três espectadores mortos no Rali Sprint de Guimarães

0

rally(actualização 18h45)

Uma mulher e duas crianças, de 8 e 15 anos, foram as vítimas mortais do acidente com carro de competição no Rali Sprint de Guimarães.

O despiste de um carro em competição no Rali Sprint de Guimarães, na zona da Lapinha, resultou na morte de três pessoas, dois rapazes de 8 e 15 anos e uma mulher de 50 anos, segundo fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, o acidente ocorrido esta tarde de domingo por volta das 15h, provocou ainda três feridos graves e dois feridos ligeiros. As vítimas, que estariam a assistir à prova, foram atropeladas.

Dois rapazes de 8 e 15 anos e uma mulher de 50 foram as vítimas mortais do acidente ocorrido hoje no Rali Sprint de Guimarães, confirmou fonte do INEM ao PÚBLICO. O segundo comandante da corporação de bombeiros de Guimarães, Joaquim Oliveira, afirmou que o piloto que conduzia o carro acidentado foi levado para o hospital em estado de choque.

Os dois feridos graves foram para o Hospital de Braga e, de acordo com fonte da instituição, trata-se de um homem de 40 anos em “estado crítico” e de uma mulher de 18 anos em estado grave, ambos a realizar exames de diagnóstico. O acidente aconteceu na primeira especial do Rali Sprint de Guimarães, que ligava São Roque à Penha, um percurso que os pilotos iriam passar nos três troços cronometrados.

O Rali Sprint de Guimarães, clube inscrito na Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, é a sexta e última prova do Troféu Inter-Municípios do Norte e a quarta organizada pelo Motor Clube de Guimarães (MCG). De acordo com informações disponibilizadas pelo segundo comandante do CDOS de Braga, há ainda três feridos ligeiros.

Segundo os bombeiros de Guimarães, apenas se sabe que uma das viaturas de competição se despistou na zona da Lapinha, próximo da Rampa da Penha. Neste tipo de competições, em zona de montanha, não é habitual a colocação de qualquer tipo de vedação ou protecção para as pessoas que assistem à prova.

Uma outra fonte no local relatou à agência Lusa que o carro em competição despistou-se na parte final do troço da Rampa da Penha, tendo entretanto o rali sido suspenso, num momento em que tinham apenas arrancado quatro veículos, ou seja, a prova estava apenas a começar.

O alerta para o acidente foi dado às 15h27 e estão no local 13 veículos e 27 operacionais, entre bombeiros de Guimarães, Vizela, INEM e GNR. De acordo com a mesma fonte do Bombeiros Voluntários de Guimarães, foram mobilizadas oito ambulâncias para o local do acidente (cinco dos bombeiros de Guimarães, duas de Vizela e uma do INEM de Fafe), bem como três viaturas médicas e o helicóptero do INEM.

 

 (Fonte: Público)

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).