Terreno e vento forte dificultam combate a fogo em Unhais da Serra

0

O vento forte e as características do terreno têm dificultado o combate ao fogo que lavra em Unhais da Serra e que mobilizava, cerca das 11.30 horas, 196 operacionais e sete meios aéreos.

“O vento muito forte e a orografia essencialmente montanhosa do terreno têm sido os principais inimigos do combate e o grande aliado deste fogo, que não nos tem dado descanso”, disse Vítor Pereira, presidente da câmara local.

De acordo com a informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o incêndio deflagrou na segunda-feira, na zona da Pedra Figueira, Unhais da Serra, reativou na terça-feira e chegou novamente a estar dominado, mas na quarta-feira à noite voltou a reativar.

Segundo a adjunta nacional de operações da ANPC, Patrícia Gaspar, o fogo “está numa zona com um declive muito acentuado, com muitas pedras, o que dificulta imenso o progresso dos meios no terreno”.

O autarca deste município do distrito de Castelo Branco adiantou ainda que o fogo já avança para a freguesia de Cortes do Meio, também no concelho da Covilhã, depois de durante a noite ter chegado “a estar praticamente dentro de Unhais da Serra”.

“Foram momentos muito difíceis e tivemos casas ladeadas pelo fogo, mas felizmente foi possível protegê-las, bem como à população”, disse, explicando que não foi necessário proceder à retirada de pessoas da aldeia, apesar de a situação ter chegado a ser pensada.

Vítor Pereira ressalvou ainda que, cerca das 11:15, não havia casas ou populações em risco e mostrava-se esperançado de que, com a chegada dos meios aéreos, seja possível dominar o fogo ainda durante o dia de hoje.

Fonte: Jornal de Noticias




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Bombeiro de 1ª. É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.