Tempestade Nadine: Protecção Civil registou 86 ocorrências no grupo Central

0

Ricardo Laureano/A união

O Serviço Regional de Protecção Civil dos Açores actualizou ontem para 86 as ocorrências registadas durante a madrugada nas ilhas do grupo Central na sequência da passagem da tempestade tropical Nadine pelo arquipélago, que também originou quatro realojamentos.

As 86 ocorrências foram registadas nas ilhas Terceira, S. Jorge, Pico, Faial e Graciosa, tendo as operações de socorro envolvido 104 bombeiros e 40 viaturas de várias corporações, além de pessoal dos serviços municipalizados e da Secretaria Regional dos Equipamentos.

As corporações de bombeiros da ilha Terceira registaram na noite de 5ª feira mais de duas dezenas de ocorrências devido ao agravamento do estado do tempo provocado pela passagem da tempestade tropical Nadine a sul do arquipélago.

Na Praia da Vitória, os bombeiros registaram cerca de “uma dúzia de situações, espalhadas pelas freguesias do concelho”, revelou João Cunha, adjunto do comandante, em declarações à Lusa, acrescentando que as freguesias mais afectadas foram Lajes, Agualva, Porto Martins e Santa Cruz da Praia.

João Cunha destacou, entre as ocorrências registadas, duas inundações, quatro quedas de árvores, “que estavam a interromper o trânsito” e dois telhados que começavam a ceder.

Em Angra do Heroísmo, os bombeiros registaram mais de uma dezena de ocorrências, na maioria “cortes de árvores e pequenas inundações”, afirmou o bombeiro Vítor Melo, em declarações à Lusa.   

Entretanto, o PSD/Terceira alertou ontem para a urgência “do governo regional proceder à avaliação dos estragos provocados pelo mau tempo que assolou a ilha”, para que se perceba “o impacto social e económico” da passagem da tempestade tropical “Nadine”.

“Tratando-se de situações climatéricas adversas, com fortes ventos e chuva a afitarem pessoas e bens, os danos maiores na Terceira verificaram-se na agricultura, e é preciso quantificá-los o quanto antes”, frisou António Ventura.

“Os fortes ventos fizeram estragos visíveis na cultura do milho e na horticultura, sendo que o milho que tombou vai causar maiores custos de colheita e naturais quebras de produtividade num sector essencial para a ilha e para a região. Assim o nosso alerta é para uma avaliação desses danos, que será fundamental e que é urgente levar a cabo”, especificou.

ESCOLA ENCERRADA NAS LAJES DO PICO

A Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico foi hoje encerrada, devido aos estragos provocados pela passagem da tempestade tropical Nadine pelos Açores, revelou a secretária regional da Educação, Cláudia Cardoso.

“Na Escola das Lajes do Pico, voou uma parte do teto do pavilhão e a própria escola tem alguns vidros partidos”, adiantou Cláudia Cardoso, à margem de uma conferência de imprensa sobre o início do ano lectivo na região, em Angra do Heroísmo.

Segundo a governante, “foi decidido não haver condições para que os alunos se dirigissem à escola”, sendo que as crianças não chegaram a sair dos autocarros.

Cláudia Cardoso salientou que se estima que “segunda-feira será possível retomar as actividades normais da escola”, acrescentando,

SATA CANCELOU LIGAÇÃO TERCEIRA/S. JORGE

A transportadora aérea açoriana SATA cancelou hoje a ligação Terceira/S. Jorge/Ponta Delgada, devido ao mau tempo que afecta o arquipélago na sequência da passagem da tempestade tropical Nadine, afectando 88 passageiros, revelou o porta-voz da empresa.

José Gamboa afirmou, em declarações à Lusa, que 59 pessoas deveriam ter viajado da Terceira para S. Jorge e outras 29 foram afectadas pelo cancelamento da ligação entre S. Jorge e Ponta Delgada.

Estes 88 passageiros, segundo José Gamboa, apenas poderão realizar as suas viagens hoje.

FONTE: A União

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.