Temperaturas podem subir até aos 35 graus ainda esta semana

0

solAs temperaturas máximas em Portugal continental vão subir dez graus Celsius a partir de sábado, valores acima da média para esta época do ano, disse à agência Lusa a meteorologista Ângela Lourenço. “O estado do tempo vai mudar a partir de sábado.

Nas regiões sul, a subida vai ser gradual e nas regiões do interior norte e centro será mais significativa e abrupta de sábado para domingo. Vamos ter uma subida da ordem dos 10 graus em termos médios”, adiantou à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com a especialista, estão previstos entre 30 a 35 graus nas regiões a sul do Tejo.

“Esta situação deve-se ao estabelecimento de uma circulação de leste” explicou Ângela Lourenço, acrescentando que “a partir de sábado” o tempo vai tornar-se “mais quente e seco”, mantendo-se enta situação “até terça-feira ou quarta-feira”. Mínimas também sobem A meteorologista adiantou que, além das máximas, também as mínimas vão subir gradualmente a partir de sábado.

“A mínima também vai subir. Estamos a falar de valores acima dos 20 graus celsius no Algarve e no resto do território até aos 17”, disse. Segundo a meteorologista do IPMA, este vai ser um episódio de curta duração e depois a temperatura volta a descer. “Vamos ter um episódio de muito calor para a época, com valores acima normal, mas estes episódios são típicos da primavera”, vincou.

Ângela Lourenço adiantou que, a partir de terça e quarta-feira, as temperaturas voltam a “descer abruptamente” para valores semelhantes aos desta quarta-feira (a rondar os 20/23 graus de máxima).

CM

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.