Situação em Vila do Bispo “está quase normalizada”

0

BombeiroCO Segundo Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo, José Pedro, afirmou, hoje à noite, ao «barlavento», que “houve a substituição de um tubo no posto de abastecimento de combustíveis, situado junto ao quartel, e continuam as operações de drenagem dos depósitos e a aspiração dos poços para evitar infiltrações nas condutas pluviais. Nesta altura, o cheio a gasolina é menos intenso”. Um eventual “abatimento de terrenos” naquela zona é um cenário admitido para o incidente ocorrido no domingo à noite, com fuga de combustível para a via pública.

“Está quase normalizada a situação” em Vila do Bispo, como disse, hoje à noite, ao «barlavento», o Segundo Comandante dos Bombeiros Voluntários deste concelho, José Pedro, resultante de uma possível rotura ocorrida num depósito do posto de abastecimento de combustíveis localizado junto ao quartel desta corporação, com fuga de gasolina para a via pública.

O incidente, recorde-se, ocorreu no domingo, cerca das 20.00 horas, tendo obrigado à colocação dos veículos de prestação de socorro durante a madrugada desta segunda-feira no exterior do quartel devido ao risco de explosão na zona.

“Houve, entretanto, a substituição de um tubo no posto de abastecimento de combustíveis e continuam as operações de drenagem dos depósitos e a aspiração dos poços para evitar infiltrações nas condutas pluviais. Nesta altura, o cheiro a gasolina é menos intenso”, referiu ao «barlavento» José Pedro, Segundo Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo, que mantêm a “vigilância” no local.

Um eventual “abatimento de terrenos” na zona onde se situa o posto de abastecimento de combustíveis junto ao quartel daquela corporação é uma “hipótese” admitida por aquele responsável para o sucedido. Na terça-feira, deslocar-se-á ao local um técnico do Ambiente.

Recorde-se que, em anteriores declarações ao «barlavento», o Segundo Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo alertara para o facto de, na sequência de uma rotura num depósito de gasolina, ter-se registado “um repasse para sargetas na zona do tanque de gasolina do posto de abastecimento de combustíveis e para a zona da parada do quartel, com odores nas infiltrações das condutas pluviais, existindo o risco de atingir o sistema freático, com problemas para os poços de rega numa extensão superior a cem metros a sul do nosso edifício”.

E acrescentou na altura: “Neste momento, temos o sistema de drenagem aberto para permitir a ventilação que tem por objetivo a dispersão da concentração de gases suscetíveis de provocar alguma explosão”. O acesso ao posto de abastecimento de combustíveis esteve vedado, com fitas, durante o dia.

(Fonte: Barlavento Online)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).