SinFAP apoia Vigilantes da Natureza em greve nacional contra pressões do ICNF

0

Os trabalhadores do Corpo Nacional de Vigilantes da Natureza vão fazer greve no dia 18 de agosto, em protesto contra as pressões exercidas pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) para condicionar o seu direito à greve. A denúncia é feita pelo Sindicato Independente dos Trabalhadores da Floresta, Ambiente e Proteção Civil (SinFAP), que aderiu à paralisação convocada por outras estruturas sindicais.

Segundo o SinFAP, o sindicato teve acesso a um e-mail enviado por um dirigente do ICNF, em que este solicita aos vigilantes da natureza que informem previamente se vão ou não aderir à greve, o que viola a Constituição da República Portuguesa, que garante a liberdade de adesão à greve sem necessidade de aviso prévio. O sindicato considera esta atitude “inaceitável” e “intimidatória” e diz que vai apresentar queixa às entidades competentes.

O SinFAP afirma ainda que a greve nacional visa reivindicar melhores condições de trabalho e de carreira para os vigilantes da natureza, que desempenham um papel fundamental na conservação da natureza e na prevenção e combate aos incêndios florestais. O sindicato reconhece que o Governo anunciou a abertura de um concurso para 50 novos vigilantes da natureza até ao final do ano e que está a estudar o impacto orçamental da revisão da carreira, mas considera que essas medidas são insuficientes e tardias. O SinFAP defende que é preciso valorizar esta carreira especial não revista e respeitar os direitos dos trabalhadores.

About author

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda. Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).