Sete ilhas dos Açores com aviso amarelo devido à agitação marítima

0

mautempo-capitaniaA proteção civil dos Açores emitiu hoje um alerta tendo em conta o agravamento do estado do mar em sete das nove  ilhas açorianas, que vão estar sob aviso amarelo da meteorologia a partir de sábado de manhã.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a passagem  de uma frente fria, associada a uma depressão centrada a norte dos Açores,  vai provocar um agravamento do estado do mar nos grupos ocidental e central  do arquipélago.

No caso das ilhas das Flores e Corvo (grupo ocidental), o aviso amarelo  (o segundo menos grave numa escala de quatro), relativo a “altura significativa  das ondas”, vai vigorar entre as 6:00 de sábado e as 6:00 de domingo.

Para aquelas duas ilhas, as previsões apontam para ondas de oeste, passando  a noroeste.

No grupo central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Faial e Pico), o aviso  estará em vigor entre as 09:00 de sábado e as 09:00 de domingo referente  a agitação marítima e “a altura significativa das ondas” de noroeste/oeste.

Face a estas previsões, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros  dos Açores lembra que “o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado,  sobretudo, através da adoção de comportamentos adequados”, pelo que, “em  particular nas zonas mais vulneráveis”, recomenda “medidas de autoproteção  para estas situações”, nomeadamente “especial cuidado na circulação junto  da orla costeira e zonas ribeirinhas”.

A proteção civil desaconselha ainda a prática de atividades relacionadas  com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios  à beira-mar.

FONTE: Lusa

 

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.