Sessenta corporações de bombeiros contempladas com novos EPI

1

banco_big2A meta era fornecer todas as corporações de bombeiros do país, mas a campanha de angariação de fundos não permitiu esse sonho. Mas o objetivo principal foi cumprido: a partir de hoje, há 300 bombeiros equipados devidamente para o combate aos fogos florestais.

Este verão quase não se ouviu falar de fogos florestais. A chuva e as baixas temperaturas talvez tenham poupado as vidas de alguns bombeiros, ao evitarem que se repetisse a tragédia de 2013, quando oito soldados da paz perderam a vida em menos de dois meses de fogos florestais.

Para prevenir a repetição deste cenário dantesco, o Banco de Investimento Global (BIG) e os Bombeiros de Carregal do Sal conceberam um equipamento de segurança, fato e botas de materiais anti-inflamáveis e antiperfurantes, que foi apresentado em maio último, na altura em que o BIG lançou uma campanha que tinha por objetivo angariar 500 mil euros até setembro para comprar novos equipamentos para os bombeiros.

A meta da campanha “Vamos proteger quem nos protege” poderá ter sido demasiado ambiciosa mas, apesar da crise financeira que afeta as famílias portugueses, foram angariados 150 mil euros que possibilitaram a aquisição de 300 novos equipamentos ‘antichamas’. distribuídos esta manhã no decorrer de um sorteio realizado em Lisboa.

O sorteio teve lugar no quartel dos Bombeiros Lisbonenses e determinou as 60 corporações bafejadas pela sorte, que vão agora receber cada uma cinco fatos, número que corresponde aos bombeiros que por norma saem para o terreno numa primeira avaliação de um incêndio.

Paulo Figueiredo, administrador do banco BIG, está satisfeito com os resultados. Os 150 mil euros angariados são um princípio. Mas “ainda falta ajudar muitas mais corporações. Daí a bnossa estimativa inicial de 500 mil euros, que dariam para ajudar todas as corporações do país”, admite. Ainda assim, o resultado é positivo e motivador para novas campanhas.

Na cerimónia, o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, fez um discurso emocionado e inspirador. Com o brilho no olhar, agradeceu com um tom emocionado aos seus “amigos do banco BIG”. “Sentimento, respeito e admiração” foram as palavras de ordem referidas e que este responsável considera fundamentais ao desenvolvimento do projeto. Jaime Marta Soares dirigiu ainda uma palavra aos portugueses, aos quais agradeceu pela ajuda dada em tempos difíceis.

Em declarações posteriores ao Expresso, o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses diz acredita que “os bombeiros estão a ganhar força. Comparado com o que víamos há uns anos, a ajuda aos bombeiros está a melhorar”. Segundo ele, a sociedade mostra-se mais participativa e a consciencialização pelo trabalho perigoso do combate aos incêndios florestais também está a crescer.

O sorteio distribuiu 16 conjuntos de fatos região norte, 15 na região centro, 10 na região centro-sul e 17 na região sul. Os Açores e a Madeira foram contemplados com um conjunto de fatos antichama cada.

Os Bombeiros Voluntários de Sintra foram uma das corporações sorteadas e receberam a notícia com muito orgulho e satisfação. “Aos bocadinhos é que podemos crescer e permitir que se possa continuar a trabalhar como voluntário”, disse ao Expresso o administrador da corporação, José Bento Marques, para quem a falta de apoio das câmaras municipais é uma falha a colmatar.

(Fonte: Expresso)



Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).