S.J.Madeira – Idosa morre num incêndio em casa

0
incendio urbano
Uma idosa morreu ao início da tarde desta segunda-feira, vítima de um incêndio em sua casa, no lugar da Devesa Velha, em S. João da Madeira. A mulher de 78 anos estava sozinha em casa e estaria a cozinhar no momento em que o fogo deflagrou, por volta das 13h15 desta segunda-feira.

O filho da vítima mortal apercebeu-se da situação pelo fumo e tentou socorrer a mãe, sem sucesso. Após a chegada dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira o incêndio foi rapidamente extinto.

O homem que tentou socorrer a mãe teve de ser assistido na ambulância dos bombeiros. Filho tentou socorrer a mãe José António, um vizinho, contou à CMTV que só deu conta do sucedido ao ver o filho da idosa “aflito com um balde de água na mão a subir as escadas de casa”. “Vi uma labareda e foi aí que me apercebi que deveria ser um incêndio”, acrescentou. O vizinho explicou que os bombeiros chegaram rápido, “cerca de 5 minutos depois” e que, ainda antes da chegada de auxílio, viu o vizinho a entrar em casa e abrir as janelas todas – “foi aí que vi o fumo todo” – para voltar a sair, momentos depois, a “correr com um pano na boca”

(Fonte  – Correio da Manhã)



Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.