Reguengo do Alviela isolado devido às cheias

0

CheiasA Estrada Nacional 365 entre Pombalinho e Vale Figueira esta submersa devido às cheias do rio Tejo, o que provoca o isolamento da povoação de Reguengo do Alviela, situação que deverá manter-se nas próximas horas.

O Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, contactado pela Agência Lusa informou que “prevê-se que se mantenham nas próximas horas, mas a tendência é para descida do nível das águas, de forma lenta”

A previsão da ligeira descida das águas da bacia do Tejo depende da diminuição dos débitos de água a partir das barragens espanholas.

A povoação ficou isolada durante a noite de sexta-feira, sendo que a assistência às populações tem sido assegurada pelos Bombeiros Voluntários de Pernes, através de barco, a correspondência e o pão tem sido entregues através deste mesmo barco.

A Comissão Distrital de Protecção Civil accionou o Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, em nível de alerta amarelo, ao princípio da tarde de sexta-feira, sendo que esse alerta ainda se mantêm. As barragens estão a atingir níveis máximos de capacidade.




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.