Reforço de meios em Seia. Mais de 300 bombeiros combatem chamas

0

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu um aviso na tarde desta sexta-feira alertando precisamente para as condições favoráveis ao risco de incêndio nas próximas horas. Fogo em Seia tem duas frentes ativas.

O incêndio, que lavra esta sexta-feira na Serra da Estrela, em Seia, no distrito da Guarda, sofreu um reforço de meios durante a tarde.

De acordo com a página da Proteção Civil, cerca das 22h00, combatiam este incêndio 376 bombeiros, auxiliados por 119 viaturas.

Ao Notícias ao Minuto, fonte da Proteção Civil da Guarda indicou durante a tarde que o incêndio tem duas frentes activas e que lavra numa zona de mato e de pinhal. A mesma fonte assegurou que não há habitações em perigo.

O incêndio em causa deflagrou pelas 16h13 desta sexta-feira, na tarde em que a ANPC lançou um aviso à população alertando para o risco de incêndio nas próximas horas, devido às elevadas temperaturas, acompanhas de rajadas de vento.

O presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo, referiu à Lusa que o combate ao incêndio rural está a “evoluir favoravelmente”, tendo em conta o esforço inicial realizado, “em força e musculado”, pelos meios aéreos.

Segundo o autarca, prevê-se que “haja um aumento de humidade durante a noite” e que o fogo possa ser dominado pelos meios que se encontram no terreno.

Durante a tarde, o fogo chegou a ser combatido por nove meios aéreos, que foram sendo, entretanto, desativados com o cair da noite.

Noticias ao Minuto




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.