Queda em obra mata bombeiro

0

obraAlberto Manuel de Macedo pertencia à corporação da Lixa.

Alberto Manuel de Macedo, de 49 anos, morreu na noite da passada terça-feira, na sequência de uma queda de uma altura de cerca de oito metros, numa obra em Felgueiras. Era bombeiro na corporação da Lixa, também no concelho felgueirense, há mais de 20 anos, estando agora no quadro de reserva. “Isto é um pouco como um pai ver partir um filho”, lamentou ao CM José Campos, comandante dos Bombeiros da Lixa. Alberto Manuel de Macedo era funcionário da Irmatim, empresa de construção de naves industriais de Felgueiras, há um período superior a 15 anos. Encontrava-se a trabalhar na remodelação de um pavilhão, na rua Belmiro Ferreira, num andaime, quando, por razões desconhecidas, sofreu a queda. Os Bombeiros de Felgueiras encontraram a vítima em situação de paragem cardiorrespiratória. Foram efetuadas manobras de reanimação e Alberto seria ainda transportado com vida para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, em Penafiel, acabando, porém, por não resistir. “Era uma pessoa muito dinâmica e disponível, que vai deixar uma saudade enorme”, acrescentou José Campos. O CM contactou a Irmatim, mas não obteve resposta. A Autoridade para as Condições de Trabalho informou estar a averiguar o caso.

Fonte: Correio da Manha




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Bombeiro de 1ª. É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.