Proteção Civil com registo de oito incêndios ao início da manhã

0
(Fonte: NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA)

(Fonte: NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA)

Descida da temperatura, que se acentuará a partir desta quarta-feira, é uma boa notícia para os bombeiros. Situações mais graves vivem-se nos concelhos de Arouca e Gouveia.

Com a temperatura a descer esta terça-feira, o que é uma boa notícia para os bombeiros, o balanço mais recente em matéria de incêndios florestais, feito pelo Comando Nacional de Operações de Socorro da Proteção Civil às 8h45, registava oito incêndios em curso.

Entre as três situações consideradas mais complcadas, destaque para as freguesias de Aldeias e Mangualde da Serra, concelho de Gouveia (distrito da Guarda), onde as chamas a lavrar desde a tarde desta segunda-feira mantinham duas frentes ativas, envolvendo 260 operacionais, 83 meios terrestres e dois helicópeteros.

Outro incêndio, no concelho de Arouca (distrito de Aveiro), mantinha igualmente duas frentes ativas, obrigando à presença de mais de 200 operacionais, enquanto no concelho de Vila Nova de Cerveira (Viana do Castelo) os bombeiros consideraram dominado o fogo que lavrava desde sábado.

(Fonte: Expresso)

 




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.