Proteção Civil alerta para agravamento do perigo de incêndio nos próximos dias

0

A partir desta quarta-feira prevê-se a subida da temperatura máxima para valores acima de 30 graus Celsius na região Sul e no Alto Tejo e vento forte do quadrante leste.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou esta quarta-feira para o agravamento do perigo de incêndio rural nos próximos dias, tendo em conta as previsões do IPMA de continuação de tempo quente e seco.

Em comunicado, a ANEPC refere que a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a partir de quarta-feira e até sexta-feira aponta para subida da temperatura máxima para valores acima de 30 graus Celsius na região Sul e no Alto Tejo e vento forte do quadrante leste, em especial durante as noites e manhãs nas terras altas do Norte e Centro, com rajadas até 80 quilómetros por hora.

O IPMA prevê igualmente humidade relativa do ar inferior a 30% e aumento do perigo de incêndio muito elevado a máximo no Algarve e interior Norte e Centro, com agravamento no interior Norte e região Centro.

Neste contexto, sobre os riscos expectáveis, a ANEPC dá nota, do aumento do risco de incêndio, com condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais, bem como, o aumento da dificuldade das ações de combate, sobretudo no interior Norte e Centro, Lisboa e Vale do Tejo e Alentejo.

Na nota, a ANEPC recorda que é proibido fazer queimada extensiva sem autorização, aconselhando a população a contactar a câmara municipal.

Lembra igualmente que nos dias de perigo muito elevado e máximo de incêndio é proibido fazer fogo para confeção de alimentos em todo o espaço rural, salvo se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito, fumigar ou desinfestar e usar motorroçadoras, corta-matos e destroçadores.

Devido às previsões meteorológicas, a proteção civil recomenda a “adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução”

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Chefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt