Previsão Meteorológica para a Serra da Estrela (06/12 a 08/12)

0

Vítor Baía

Vítor Baía

Este fim de semana o tempo vai ser ao contrário do costume. O frio vai ficar nas zonas abaixo dos 1000m e o Sol vai brilhar muito nas montanhas, e em particular na Serra da Estrela.
Os vales a norte da Serra, particularmente o Vale do Coa e ribeiras adjacentes vão ficar com nevoeiro e temperaturas negativas durante a noite. Nos sítios em que o nevoeiro perdurar durante o dia pode haver sincelo (gelo nas árvores e arbustos).
Nos pontos altos e na Serra da Estrela o Sol faz subir as temperaturas e os dias serão bem agradáveis e com a paisagem soberba de estarem acima das nuvens.
Esta situação pode vir a durar vários dias ou até semanas.
O vento fraco e a estabilidade de alta pressão ajudará à manutenção deste fenómeno.

Sexta-feira, dia 6-12-2013

meteo solmeteo termómetro

Céu limpo acima dos 1000m.
Geada. Nevoeiro matinal abaixo dos 1000m que pode perdurar de dia no vale do Coa. Possibilidade de formação de sincelo.
Vento fraco.

Temperaturas ºC

0h

6h

12h

15h

18h

Guarda

1

-1

9

10

5

Covilhã

3

1

11

13

6

Seia

3

0

10

12

6

Penhas Douradas

4

3

9

10

5

Torre

2

1

6

7

3

 

 

 

 

Nota: nas zonas com nevoeiro as temperaturas podem ser inferiores às indicadas.

Sábado, dia 7-12-2013

meteo sol

Céu pouco nublado.
Geada. Nevoeiro matinal nos vales com possibilidade de sincelo.
Vento fraco .

Temperaturas  ºC

0 h

6h

12h

15h

18h

Guarda

1

-1

8

10

2

Covilhã

4

1

10

13

4

Seia

2

1

10

12

3

Penhas Douradas

3

3

7

7

2

Torre

2

1

5

6

1

 

 

 

 

Nota: nas zonas com nevoeiro as temperaturas podem ser inferiores às indicadas.

Domingo, dia 8-12-2013

meteo sol nuvem

Céu pouco nublado. Nuvens altas e médias.
Geada. Nevoeiro matinal.
Vento fraco.

Temperaturas  ºC

0 h

6h

12h

15h

18h

Guarda

0

-2

9

9

1

Covilhã

1

-1

12

13

3

Seia

1

-1

11

12

2

Penhas Douradas

2

0

6

6

1

Torre

0

-2

3

4

0

 

 

 

 

 

 

 

Vítor Baía é um meteorologista autodidacta, natural da Guarda, que começou a trabalhar com o alpinista português João Garcia em 1999, depois da conquista do Evereste. João Garcia afirmou em 2011 que “considerava imprescindível o trabalho do seu amigo”. Vítor Baía trabalha ainda com outros alpinistas, como Mário Penzeri e Edurne Pasaban, e com diversas missões que tentam conquistar os cumes mais altos do mundo. Para além desta vertente mais científica, Vítor Baía é também uma das grandes referências (ou mesmo a maior!) nacionais do Parapente, organizando meetings internacionais de grande sucesso e afluência, e praticante de Montanhismo.

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).