Portugueses resgatados de navio naufragado nas Astúrias

0

Um navio de pesca galego com doze tripulantes a bordo afundou-se, esta sexta-feira à tarde, ao largo das Astúrias, em Espanha. Todos os 12 tripulantes foram resgatados.

O Gure Uxua, um atuneiro galego com base em Cariño, pescava a cerca de 50 milhas da costa de Luarca, nas Astúrias, quando lançou o pedido de ajuda.

Vários helicópteros e embarcações dos serviços de socorro foram usados nas operações de resgate dos doze tripulantes, onde se encontravam portugueses.

Segundo o jornal “Voz de Galicia”, alguns dos tripulantes foram transportados de helicóptero para Gijón e outros para a localidade de Celeiro. O mesmo jornal adianta que todos os tripulantes se encontravam no bote salva-vidas em boas condições de saúde.

Os serviços de Salvamento Marítimo de Gijon informaram que todos os tripulantes do barco, construído em 1997, apresentam sintomas de hipotermia.

O proprietário da embarcação, natural de Santander, disse que entre a tripulação há “vários portugueses e galegos”, sem outros pormenores.

O aviso de naufrágio foi recebido pelos serviços de salvamento às 15.20 horas.

A 20 de dezembro, o mesmo navio tinha sido rebocado pelas autoridades marítimas galegas, devido a uma falha de motor.

JN

 




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.