Ponte de Sor:simulacro envolvendo duas aeronaves reforça necessidade de treinar mais este tipo de acidentes

0
(imagem ilustrativa)

(imagem ilustrativa)

Um simulacro de uma colisão de duas aeronaves no aeródromo municipal de Ponte de Sor veio reforçar a necessidade das autoridades responsáveis pelo socorro promoverem mais exercícios deste tipo de acidentes.

O comandante operacional distrital de operações de socorro de Portalegre, Luís Belo Costa, referiu que acidentes envolvendo aeronaves não são muito frequentes da região, e a conclusão que fica do simulacro, realizado no sábado, é a necessidade de treinar mais.

O simulacro envolveu quase uma centena de operacionais das corporações de bombeiros do distrito de Portalegre auxiliados por 39 viaturas.

O exercício apontou para um cenário de quase duas dezenas de feridos, e a evacuação para um hospital de Lisboa de uma pessoa suspeita de ter contraído o vírus ébola.

Em declarações à Rádio Portalegre, o comandante dos bombeiros de Gavião, Francisco Louro, revelou que durante o exercício foi registada uma situação real, envolvendo um bombeiro, que se sentiu mal e teve que receber assistência médica.

Gabriel Nunes/Susana Mourato/Américo Duarte

(Fonte: Rádio Portalegre)

 




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.