PJ de Aveiro deteve suspeito de crime de incêndio florestal

0
Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

A Polícia Judiciária anunciou, esta terça-feira, a detenção de um homem suspeito da autoria de um crime de incêndio florestal, ocorrido na noite do passado sábado, no lugar do Carregal, em Requeixo, Aveiro.

Em comunicado, a PJ de Aveiro esclarece que “o incêndio ocorreu num terreno próximo da habitação onde vive o detido, que num quadro de alcoolismo, iniciou o fogo através de chama direta na abundante vegetação seca que ali se encontrava, constituída por mato e silvas”.

“Apenas a pronta deteção do início do fogo por alguém que ali passava permitiu o seu rápido e eficaz combate pelos bombeiros, apesar de a temperatura máxima nesse dia ter ultrapassado os 30 graus centígrados, fazendo com que o mesmo não atingisse proporções de relevo, já que se está na presença de uma extensa mancha florestal e de muitas habitações próximas”, acrescenta.

A PJ refere ainda que o detido, um serralheiro, com 51 anos, irá ser presente às autoridades judiciárias na comarca de Aveiro para primeiro interrogatório e aplicação das adequadas medidas de coação.

(fonte: JN)




Sobre quem enviou a noticia

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.