Penela: Duas crianças morrem em despiste de moto-quatro

0
Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Uma criança portuguesa de seis anos e uma outra inglesa de sete anos morreram ao final da tarde desta sexta-feira na sequência de um despiste de uma moto-quatro em Penela, Coimbra. Os dois meninos seguiam em cima do veículo motorizado juntamente com uma terceira criança e um condutor ingleses.

O menino de nacionalidade portuguesa foi socorrido no local, mas o INEM e os bombeiros já nada conseguiram fazer. As outras duas crianças, foram transportadas, gravemente feridas, para o Hospital Pediátrico de Coimbra. Uma delas acabou, porém, também por morrer cerca das 23h00 depois de várias tentativas de reanimação naquela unidade de saúde. A outra criança de seis anos continua internada em estado grave. O acidente ocorreu pelas 18h30 no lugar de Casal Novo, na Cumeeira.

“Estavam todos em cima da moto e foram projectados quando ela se despistou. As crianças bateram com a cabeça no chão e sofreram ferimentos graves. Ficaram com traumatismos cranianos. Quando chegamos ainda tentamos reanimar o menino, mas já não havia nada a fazer. Morreu no local”, disse ao PÚBLICO o comandante do Bombeiros Voluntários de Penela, Raul Vasconcelos. O responsável garantiu ainda que as vítimas e o condutor, de 50 anos, não usavam capacete e que estariam a passear de moto-quatro quando tudo ocorreu.

O INEM enviou de imediato duas viaturas de emergência médica e reanimação. No local estiveram ainda oito viaturas dos bombeiros, entre as quais quatro ambulâncias. A corporação destacou 18 bombeiros para o cenário do acidente que ocorreu na Estrada Municipal 1195.

Quando as autoridades chegaram, já o condutor inglês havia escapado do local. Foi depois localizado por uma patrulha da GNR nas imediações. A estrada foi desimpedida pelas 21h30 após perícias de uma equipa de investigação da GNR que irá tentar apurar as causas do acidente.

O condutor inglês reside naquela localidade há já algum tempo, segundo a GNR, e não terá qualquer grau de parentesco com as crianças. O homem, que também ficou com ferimentos ligeiros, foi conduzido pela GNR ao Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra e continua sob detenção policial. Deverá, aliás, ser presente este sábado a um juiz de instrução criminal indiciado por homicídio por negligência e omissão de auxílio, uma vez que fugiu.

(Fonte: Público)

 

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).