Peças Land Rover: porque os Bombeiros não podem parar

0

IMG_0261Foi com simpatia e com extrema atenção que o Portal Bombeiros.pt foi recebido nas instalações da empresa Peças Land Rover, na zona de Torres Vedras. Guiados pelo seu proprietário, ficamos a conhecer melhor uma empresa que, não se espantem, “nasceu” quando o seu proprietário ainda era criança. Como é possível?

Ainda criança, Rui Pinto vivia perto de um posto da Guarda Nacional Republicana (GNR) e ficava fascinado com a “linha dos carros” (Land Rover da série 2 e série 3) “e com o carisma deles”. E é com um brilho nos olhos, como os da criança que vê um sonho a realizar-se, que afirma que esse fascínio se manteve ao longo dos anos. Quando a independência financeira o permitiu, comprou o seu primeiro Land Rover. Esta compra é hoje recordada como o início de tudo aquilo que desemboca nesta empresa de sucesso, pois marca aquilo que pode ser a exploração de mercado, a percepção dos passos a dar e a constatação de uma necessidade de um grupo alargado de apaixonados que possibilitou a criação da empresa.

Começou por esta altura a recuperar o seu Land Rover e a perceber as mais-valias e as carências de um mercado caprichoso e “pouco preocupado com a satisfação do cliente”. Na altura em que sentiu que tinha peças em excesso armazenadas na sua garagem (peças que ia trocando ao seu Land Rover) pediu a um amigo que lhe construísse um blogue, para ver se existia a possibilidade de essas peças serem vendidas ou trocadas. Esse amigo construiu-lhe a primeira página e o sucesso foi evidente.

Os dias de hoje são marcados pela máxima: “a satisfação dos clientes é a nossa principal missão”, e esse é o principal factor que faz com que tudo – desde o atendimento, até às encomendas, construção do stock e envio atempado das encomendas – seja elaborado com a máxima rapidez. Desde 2010 o foco da empresa abriu-se às oficinas e entidades, não sendo apenas o aficionado da marca a comprar junto da empresa. E a este nível surge a paixão pelos bombeiros. É com emoção e espírito de solidariedade que Rui Pinto diz à equipa do Portal Bombeiros.pt que houve uma situação em que uma viatura de bombeiros precisava urgentemente de uma peça e ele foi, pessoalmente durante a noite, entregar ao norte do país essa peça que deixava “inop” a viatura. “Eu considero que uma viatura prioritária não pode ficar parada, a bem de todos, e isso é prioritário na nossa empresa”, diz Rui Pinto sobre a relação que mantém já com algumas corporações de bombeiros do país. “É obrigatório ajudar os bombeiros”, frisa Rui Pinto.

O stock, elemento primordial desta empresa, satisfaz as necessidades imediatas de um veículo que fique imobilizado e impedido de cumprir as suas funções prioritárias. Daí que Rui Pinto afirme que tudo “o que é crónico nestes veículos tem [na sua empresa] entrega imediata”. Tudo o que não é crónico tem uma entrega mais alargada, que pode ir “a dois ou três dias” de espera. Questionado sobre o papel que exercem junto dos clientes, Rui Pinto afirmou imediatamente que não lhes “interessa o lucro pelo lucro” e, sim, “a plena satisfação do cliente”. Algo que todos os colaboradores da empresa sentem e cultivam diariamente junto dos cerca de 80 clientes que diariamente contactam a empresa.

Mas os olhos de Rui Pinto brilham quando fala de bombeiros e do serviço que eles prestam à comunidade. E essa atenção e gosto pelos bombeiros fazem com que esta empresa se esforce por conseguir resolver todos os problemas dos Corpos de Bombeiros de forma a que as suas Associações não gastem verbas desnecessariamente, prestando para além do serviço de venda um apurado serviço de aconselhamento. Esta paixão vai até ao ponto de, na sua colecção privada, possuir uma antiga viatura de bombeiros que serve para “divertimento com a família”.

A empresa Peças Land Rover e Rui Pinto apostam fortemente na vertente do aconselhamento técnico junto dos Corpos de Bombeiros, pois sabem que os Bombeiros Portugueses merecem o melhor… PARA NÃO OS DEIXAR PARAR!

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.