Passos lamenta a morte de mais um bombeiro e anuncia mais segurança

0
Imagem: Jornal Publico

Imagem: Jornal Publico

O primeiro-ministro lamentou, na terça-feira à noite, a morte de mais um bombeiro e, inconformado, adiantou que a Proteção Civil está a reforçar as corporações de bombeiros com melhores condições de segurança.

“A Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) está a contactar todas as corporações, de forma a poder reforçar as condições de segurança e fazer todos os alertas para que tragédias [como a morte de mais um bombeiro] possam ser evitadas”, afirmou aos jornalistas Pedro Passos Coelho, à saída de uma ação de pré-campanha para as eleições autárquicas, no concelho de Torres Vedras.

Perante a situação dos incêndios este ano, que classificou de “muito trágica”, Passos Coelho sublinhou que o Governo “está inconformado”, justificando assim as medidas solicitadas à ANPC.

O primeiro-ministro lamentou a morte de Bernardo Cardoso, de 19 anos, da corporação de Carregal do Sal, ferido num incêndio florestal na semana passada no concelho de Tondela, distrito de Viseu, e que estava internado no Hospital da Prelada, no Porto. Com o falecimento deste jovem, sobe para seis o número de bombeiros que morreram este ano no combate aos incêndios florestais.

“Esperemos que não se repita mais, porque o estado do tempo ainda gera alguns riscos de incêndio florestal e ainda há bombeiros internados a correr risco de vida”, acrescentou.

Os incêndios florestais consumiram até ao final de agosto uma área de 94155 hectares, mais 25% do que em igual período de 2012, segundo o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

FONTE:

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.