Ordenado inquérito a falta de ajuda a mulher que morreu na A12 no choque em cadeia

0

ponte1Em Atualização | O ministério da Administração Interna ordenou, esta quinta-feira, um inquérito à Proteção Civil para apurar responsabilidades pela demora na assistência a mulher que morreu à espera de ajuda, duas horas depois do choque em cadeia de ontem na A12.

A notícia está a ser avançada pela SIC Notícias.

O alerta para o acidente em cadeia em plena A12, entre Setúbal e a Ponte Vasco da Gama, foi dado às 9.43 horas, mas só às 11.57 horas, quando o Seat Ibiza de Maria Forreta, 54 anos (que estava sozinha numa amálgama contra um autocarro), ia ser rebocado é que foi encontrada a condutora em paragem cardiorrespiratória escondida pelos assentos desalinhados. Morreu pouco depois de nova chegada do INEM e de manobras de reanimação.

Fonte: Jornal de Noticias




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.