Operacionais substituídos por “boys” do PS

1

Alguns dos catorze ex-comandantes da proteção civil demitidos em janeiro denunciam, em exclusivo à RTP, que os melhores operacionais foram afastados para dar lugar a “boys” do PS. Uma investigação do Sexta às 9.

Confrontados com esta acusação, o Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil e o Comandante Nacional defendem-se mostrando imagens inéditas e falam de uma propagação das chamas “inevitável” e “incombatível”. O comandante nacional, Rui Esteves, admite mesmo que a tragédia poderia ter tido dimensões catastróficas e que pode voltar a repetir-se.

Veja o vídeo aqui.

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda.
Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe.
É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

  • Nelson Teixeira Batista

    A ANPC precisava de cortar com o passado, dai que foi com agrado que vi esta decisão, no entanto as nomeações que ocorrem a posterior desiludiram, e mais uma vez vemos uma ANPC virada para os bombeiros e fogo florestal e afastada daquilo que deve ser uma verdadeira autoridade de Protecção Civil, assim, ficamos na mesma. Já agora não deitem areia para os olhos porque em alguns casos somente rodaram as cadeiras e em nada estas mudanças influenciaram quer negativamente que positivamente o incêndio que ocorreu ou os futuros que irão ocorrer.