Operação Fátima 2017 – ANPC dá a conhecer plano de intervenção

0

Em entrevista à SIC Noticias, o 2º Comandante Operacional Nacional, Albino Tavares, deu a conhecer de que forma está planeada a intervenção da Autoridade Nacional de Proteção Civil, em articulação com os demais agentes de proteção civil, no âmbito da Operação Fátima 2017.

Conselhos Úteis da ANPC

Queremos convidá-lo a tomar contacto com algumas recomendações e boas práticas que, como verá, tornarão a sua peregrinação a Fátima muito mais segura. Queremos que esteja tranquilo e seguro desde o momento em que inicia a sua preparação para a peregrinação, até ao momento em que regressa, depois de ter participado neste primeiro Centenário das Aparições de Fátima. Estamos convencidos de que tudo lhe correrá bem, como a experiência dos anos anteriores tem comprovado, no entanto, para além do cansaço, das mazelas e de todos os efeitos esperados numa grande concentração como esta, julgamos útil partilhar consigo recomendações e boas práticas que podem parecer-lhe banais, mas contribuem para que todos possamos viver este Centenário como se pretende: em segurança.

Antes de iniciar a peregrinação:

  • Reúna todos os seus medicamentos para os levar consigo, e se possível escreva num papel, com letra legível, o nome e as horas a que toma cada um deles, para o caso de se sentir mal e alguém precisar acudi-lo;
  • Se não vai deslocar-se até Fátima inserido num grupo, informe a sua família e/ou grupo de amigos acerca do seu destino, acerca da data em que pretende sair de casa e o percurso que pensa fazer, bem como os locais onde pensa parar, para que na sua rede de contactos existam pessoas que saibam onde vai e por onde vai;
  • Se não tiver um telefone móvel, tenha na sua carteira um papel com o número de telefone de familiares e/ou amigos a quem se possa telefonar se for preciso ajudá-lo. E mesmo que tenha um telefone móvel, como é conveniente utilizar código de acesso para segurança de dados pessoais, continua a ser muito boa ideia ter informação de emergência escrita num papel;
  • Aproveite estas recomendações em torno do papel, e junte mais uma informação: as suas alergias, caso as tenha, tanto as medicamentosas como a outras substâncias (alimentos, pólens, …), e as doenças que tenha ou já tenha tido, hospitalizações e cirurgias, se aplicável. Estamos certos de que tudo lhe vai correr bem, mas naquela pequena possibilidade de algo correr menos bem, é muito facilitador conhecer a sua história médica;
  • Faça, para si e para que não se esqueça de nada, uma pequena lista com as coisas que precisa levar, para que atempadamente vá preparando o seu equipamento de viagem. Assim, quando sair de casa, irá tranquilo com a certeza de que não se esqueceu de nada!

Tráfego rodoviário:

  • Planeie a deslocação a Fátima com antecedência;
  • Esteja atento à movimentação de peregrinos junto aos eixos rodoviários. Mantenha sempre uma distância de segurança e modere velocidade;
  • Procure obter junto das forças de segurança informação sobre eventuais condicionamentos à circulação rodoviária;
  • Esteja preparado para a necessidade de estacionar longe do recinto e fazer parte do percurso a pé;
  • Esteja atento ao aconselhamento das forças de segurança.

Circulação de peregrinos:

  • Programe a peregrinação com antecedência, incluindo os períodos de descanso e refeição.
  • Evite caminhar à noite. Se o fizer, utilize lanterna e vista roupa clara e com material refletor;
  • Não circule nas vias principais (IP ou IC) – prefira as vias secundárias;
  • Caminhe sempre pela berma e em fila indiana;
  • Beba bastante água. Não ingira bebidas alcoólicas enquanto caminha;
  • Faça refeições leves e com frequência;
  • Proteja-se das condições atmosféricas. Consoante o estado do tempo, leve chapéu para o sol, protetor solar, guarda-chuva, impermeável ou agasalhos.

No recinto:

  • Proteja-se das temperaturas extremas. Adeque o seu vestuário ao estado do tempo. À noite, previna-se com um agasalho; de dia, se estiver calor, utilize roupa clara e leve;
  • Evite, tanto quanto possível, a exposição solar durante as celebrações. Proteja a pele com protetor solar e use chapéu e óculos adequados;
  • Beba frequentemente água. Não ingira bebidas alcoólicas.
  • Preste especial atenção e assistência a crianças, idosos e cidadãos portadores de deficiência;
  • Combine um ponto de encontro no exterior do recinto caso se perca do seu grupo/família;
  • Se necessitar de assistência médica, dirija-se aos postos de atendimento existentes.
  • Siga as indicações das autoridades que se encontram no recinto para salvaguardar a sua segurança. Recorra a elas sempre que for necessário.

Em caso de emergência, ligue 112.

Para mais informações pode consultar a página criada especificamente para apoiar a Operação Fátima.

ANPC




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.