Oito mortos após queda de helicóptero em Glasgow

0
De acordo com a polícia escocesa, o helicóptero, onde seguiam três pessoas, despenhou-se num bar de Glasgow cerca das 22:30 de sexta-feira, onde alegadamente estariam cerca de 120 pessoas

A polícia da cidade escocesa de Glasgow anunciou hoje subiu para oito o número de mortos resultantes da queda de um helicóptero da polícia no telhado de um bar da cidade escocesa, e que há 14 pessoas gravemente feridas.

britain-helicopter-cr_fran1385801472Segundo as autoridades, o helicóptero, onde seguiam três pessoas, despenhou-se pelas 22:30 de sexta em Glasgow, num bar onde alegadamente estariam cerca de 120 pessoas.

Entre as 32 pessoas que foram hospitalizadas, a polícia contava apenas um morto durante a manhã, mas alertou desde logo que esperava que este número aumentasse à medida que o tempo fosse passando e as equipas de salvamento fossem fazendo o seu trabalha entre os destroços.

Entre os mortos, estão os três ocupantes do helicóptero.

“Os nossos colegas de equipa do helicóptero morreram. Cinco outras pessoas morreram na sequência do embate”, afirmou o chefe da polícia escocesa, Stephen House, adiantando ainda que nesta altura as autoridades contam 14 pessoas ficaram feridas com gravidade

Mais de 100 pessoas encontravam-se no bar na altura da queda do helicóptero contra o telhado a assistir um concerto. O bar tinha apenas um andar e era dos mais movimentados da zona.

(Fonte: i)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).