Octogenária morre na sequência de incêndio em habitação em Viana do Castelo

0

viana do casteloUma mulher de 85 anos morreu no hospital de Viana do Castelo na sequência do incêndio que na quinta-feira à noite destruiu quase por completo uma habitação em Chafé, disse hoje à Lusa fonte hospitalar.

De acordo com a mesma fonte, a idosa “deu entrada com vida” naquela unidade hospitalar, mas acabou por morreu cerca das 23:00 horas devido a “intoxicação por inalação de fumo”.

A idosa era vizinha do homem de 52 anos, único morador da habitação situada junto à Igreja de Chafé, freguesia da margem esquerda do rio Lima que, segundo os bombeiros municipais que coordenaram as operações de combate, “ficou quase totalmente destruída”.

O homem sofreu “queimaduras graves” e foi transferido para a Unidade de Queimados do hospital de São João no Porto.

Contatado pela Lusa, fonte da unidade hospitalar adiantou que o indivíduo “tem 55% do corpo queimado mas encontra-se estável”.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo o incêndio que deflagrou quinta-feira cerca das 21:30 e provocou ainda uma terceira vítima, assistida no local por uma viatura Suporte Básico de Vida (SBV) do INEM, desconhecendo-se o seu estado de saúde e identidade.

Contatada pela Lusa, fonte do comando distrital da GNR de Viana do Castelo afirmou serem desconhecidas as causas do incêndio, “seguido de uma explosão”.

No local compareceram uma viatura Suporte Básico de Vida (SBV), a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), os bombeiros municipais e voluntários de Viana com dois veículos de combate e uma ambulância, a Cruz Vermelha e a GNR.

Diário Digital com Lusa

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.