O distrito da Guarda prepara-se para os nevões com Plano Especial de Emergência

0

neve guardaHoje termina o período de discussão pública do Plano Especial de Emergência de Proteção Civil para situações de neve e gelo no distrito da Guarda que operacionaliza a resposta a dar por parte dos serviços de emergência.

O plano, elaborado pelo Comando Distrital de Operações de Socorro, prevê as respostas a dar por parte das 40 instituições que intervêm no socorro. Álvaro Amaro, autarca da Guarda, considera que «a neve tem que ser um fator de atração e não de bloqueio».

Com este plano «o socorro fica mais organizado»,diz Paulo Sequeira, comandante dos bombeiros da cidade mais alta. Mas «quem vai à serra da Estrela tem que ter calma», alerta o montanhista que elabora o boletim meteorológico para os Montes Hermínios.

Vítor Baía releva «a informação pública a prestar a quem visita a região e que deve ser seguida».

Coordenar e sistematizar as ações de socorro, promovendo maior eficácia e rapidez de intervenção das entidades intervenientes e inventariar os meios e recursos disponíveis para acorrer a um acidente grave ou catástrofe, são os desígnios do plano.

O Plano aplica-se em qualquer um dos catorze municípios do distrito, mas, segundo o documento, os locais de maior risco são o maciço central da Serra da Estrela e os lugares acima dos 700 metros de altitude situados nos municípios de Aguiar da Beira, Celorico da Beira, Guarda, Gouveia, Manteigas, Seia, Sabugal e Trancoso.

Para hoje a meteorologia promete os primeiros nevões deste ano na Guarda.

TSF




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.