Noite de trabalho intenso nas encostas de Gouveia

0

Numa noite que é de festa na cidade de Gouveia, os bombeiros continuam durante a noite a ter um duro combate para conter o incêndio que eclodiu durante a tarde de ontem (dia 10).

O incêndio apresenta três frentes activas com diferentes graus de dificuldade e empenhamento. Ao Portal Bombeiros.pt, o Comandante Operacional Distrital da Guarda, António Fonseca, disse que “este incêndio tem uma extensão muito grande”.

Referindo que se encontram activas as três frentes, António Fonseca explicou a estratégia de combate para a noite. “Temos uma frente que não está guarnecida, virada a Nordeste e a descer a encosta na direção do Curral do Negro e da mata da Câmara Municipal.”

Nessa zona “tivemos duas máquinas de rastos a fazer aceiro para ver se durante a noite conseguimos colocar ali pessoal, pois é uma zona onde não há acessos, com mato rasteiro e a precisar de uma solução”, adiantando, porém, que não há uma estimativa do tempo em que ficará resolvida.

Sobre os outros pontos críticos, referiu que “as frentes viradas ao Mondeguinho e ao Vale do Rossim estão a ser combatidas e o combate está a decorrer positivamente.” Sendo que “estas duas frentes vão ficar resolvidas durante a noite.”

Já sobre o combate noutros pontos do distrito durante o dia de hoje, o Comandante Distrital afirmou que “houve uma situação em Foz Côa complicada, onde arderam barracões, em que foi necessário um empenhamento forte de meios”, concluíndo que as restantes (Vila Cova a Coelheira e Folhadosa) não apresentavam a complexidade que este incêndio em Gouveia apresenta.

Neste TO encontram-se 200 operacionais apoiados por 67 viaturas, sendo de destacar a presença de dois gupos de combate provenientes de Castelo Branco e de Leiria.

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).