Neve vai continuar a cair na Serra da Estrela

0

neve serra da estrelaQuinze distritos do continente estão hoje sob aviso laranja e amarelo devido à previsão de agitação marítima, vento forte, chuva e queda de neve, disse à agência Lusa o meteorologista Manuel João Lopes.
O meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) explicou que, devido à aproximação de uma frente fria ao continente português, foram emitidos avisos laranja para toda a costa, por causa da previsão de agitação marítima, e amarelo para o interior, por causa do vento forte, chuva e queda de neve.
“Devido à aproximação de uma frente fria no continente, estamos a prever para hoje, para as regiões do norte e centro, períodos de chuva, que poderão ser fortes a partir da tarde, em especial no litoral a norte do Cabo Mondego, que passarão gradualmente a regime de aguaceiros e que poderão ser fortes de granizo e acompanhados de trovoadas”, disse.
De acordo com Manuel João Lopes, está também prevista a queda de neve a partir do final da tarde nos pontos mais altos da Serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para 800/1000 metros, e vento fraco a moderado de sudoeste, soprando a partir do início da manhã e até ao final da tarde forte, com rajadas entre 70/90 km/h no litoral.
Nas terras altas, prevê-se vento forte a muito forte, de sudoeste, com rajadas entre 90/110 km/h, tornando-se moderado para o final do dia, e neblina ou nevoeiro matinal.
“Para amanhã [sábado] prevêem-se período de céu muito nublado, aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, diminuindo de intensidade e frequência a partir do final da tarde”, disse.
Está também prevista queda de neve acima de 800/1000 metros, descendo gradualmente a cota para 600/800 metros, vento fraco a moderado do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado no litoral e nas terras altas e descida de temperatura, em especial da mínima.

(Fonte: Jornal do Fundão)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).