Neve corta o trânsito na Serra da Estrela

0

neve serra da estrelaO primeiro nevão da época Outono/Inverno de 2014 obrigou ao corte de todas as estradas do acesso ao maciço central da Serra da Estrela.

Uma fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro da Guarda adianta que, desde as cinco da manhã, estão fechadas as ligações do Sabugueiro – Piornos – Torre – Lagoa Comprida e Portela do Arão.

Tem nevado com intensidade na Serra da Estrela e não há previsão de reabertura das estradas.

A neve caiu hoje pela primeira vez este outono na Serra da Estrela e obrigou ao corte de estradas do maciço central, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.
Segundo o CDOS, os troços Piornos/Cruzamento da Torre (troço 11), Cruzamento da Torre/Torre (12) e Lagoa Comprida/Cruzamento da Torre (13) foram encerrados pelas 05:00 de hoje.
Devido à queda de neve, pelas 08:30 também foram fechados à circulação rodoviária os troços Portela do Arão/Lagoa Comprida (troço 01) e Lagoa Comprida/Sabugueiro (troço 02).
Fonte do Cetro de Limpeza de Neve da Estradas de Portugal disse à Lusa, pelas 09:00, que continuava a nevar e na área das suas instalações, nos Piornos, os termómetros marcavam um grau negativo.
A primeira neve do outono, que começou a cair pelas 04:30, “é pouca coisa”, referiu a fonte, embora suficiente para fechar as estradas do ponto mais alto da Serra da Estrela.
“Se continuar a nevar, é difícil reabrir as estradas”, disse, não adiantando previsões para a reabertura dos troços encerrados à circulação automóvel.
Em relação ao último ano, este primeiro nevão surge mais cedo, pois em 2013 as primeiras neves aconteceram a 16 de Novembro.

(Fonte: Rádio Altitude e Terras da Beira)

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).