Neve causa constrangimentos em Montalegre

0

Devido à intensidade da neve, o transporte escolar não se efetua esta manhã da localidade de Pitões das Júnias para Montalegre. Estrada da fronteira com Espanha também está condicionada à circulação de veículos pesados.

Guarda neve Ricardo MartaA queda de neve está a causar alguns constrangimentos em Montalegre, onde o transporte escolar não se vai efetuar da zona de Pitões das Júnias por motivos de segurança, disse fonte do município.

O vice-presidente da Câmara de Montalegre, David Teixeira, afirmou à agência Lusa que neva com intensidade neste concelho do distrito de Vila Real, afetando principalmente a zona de Pitões das Júnias e a estrada da fronteira com Espanha, que se encontra condicionada à circulação de veículos pesados.

Por causa da neve, o transporte escolar não se efetua esta manhã da localidade de Pitões das Júnias para a vila de Montalegre. No terreno estão já os meios da Proteção Civil a efetuarem as operações de limpeza das estradas.

O concelho dispõe de cerca de uma dezena de veículos, dos bombeiros, câmara e de particulares preparados para limpar a neve das estradas e também, se necessário, espalhar sal. O município contratualiza com particulares a utilização de tratores, também com equipamento adaptado, que vão para as estradas ajudar nas operações de limpeza.

Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro de Vila Real, também neva na zona do Alto de Espinho do Itinerário Principal 4 (IP4), não se registando, no entanto, constrangimentos na circulação. De prevenção estão, desde esta segunda-feira, limpa-neves nesta zona.

No distrito a única via cortada ao trânsito esta manhã é a Estrada Nacional 2 (EN2) onde, nesta segunda-feira, se verificou uma derrocada que arrastou entulho para o pavimento.

A Infraestruturas de Portugal (IP) vai fazer esta terça-feira uma reavaliação das condições da via e ver se há segurança para a reabertura desta estrada que liga Vila Real a Santa Marta de Penaguião.

Entretanto reabriram à circulação a Estrada Nacional (EN) 304, que liga a Campeã (Vila Real) a Mondim de Basto, na zona de Aveção do Cabo, e a Estrada Municipal (EM) 585, em Alijó.

Fonte – Expresso




Sobre quem enviou a noticia

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.