Morte de bombeiro de Cabo Ruivo deixa quartel de luto

0

Estava na corporação desde 1998 e tinha dois filhos menores. 

Os Bombeiros Voluntários de Cabo Ruivo, Lisboa, estão de luto pela morte do colega Bruno Santos, vítima de doença súbita quando estava de serviço. O operacional, de 39 anos, começou a sentir dores no peito na noite de domingo e ainda foi socorrido por colegas e levado ao hospital, mas não resistiu.

De acordo com familiares e amigos, Bruno Santos entrou em paragem cardiorrespiratória, que não foi possível reverter. No último ano foi um dos operacionais dos Bombeiros de Cabo Ruivo que deu resposta a casos de Covid-19.

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt