Morreu bombeiro que se despistou no IP3

0

Sérgio HilárioO bombeiro que conduzia a ambulância da corporação do Sabugal que se despistou no IP3, quando transportava um doente, não resistiu aos ferimentos e morreu anteontem nos hospitais da Universidade de Coimbra.

O acidente ocorreu na tarde do dia 30 de Novembro, na zona de Penacova. Sérgio Hilário, de 36 anos, terá sido vítima de um ataque cardíaco e não conseguiu segurar a viatura. Sofreu ferimentos graves e foi transportado para Coimbra. “Por nunca ter dado sinais evidentes de recuperação já se esperava um de dois desfechos: ou a morte ou o estado vegetativo”, lamenta ao CM Joaquim Bogas, comandante dos bombeiros do Sabugal. “A morte de um colega é uma perda irrecuperável”, adianta.

Sérgio Hilário era bombeiro desde 1996 e deixa órfã uma filha de 14 anos. O funeral realizou-se hoje, 13 de Dezembro às 15h00, na Igreja da Misericórdia do Sabugal.

 

Fonte: Correio da Manhã




Sobre quem enviou a noticia

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.